Melhoramento Genético ainda tem muito espaço para crescer

Melhoramento Genético ainda tem muito espaço para crescer

O cenário brasileiro de melhoramento genético na pecuária de corte, tem capacidade para ser muito melhor do que o praticado atualmente, segundo especialistas da área.

O rebanho de corte e leite no país supera o número de 200 milhões de cabeças, sendo 70% ocupado pelo corte.  

Ao verificarmos efetivamente as fazendas que praticam melhoramento genético, o número é muito pequeno. Para termos uma ideia, a inseminação artificial, que é uma ferramenta de melhoramento genético, é aplicada em apenas 13% do rebanho nacional. 

O zootecnista da ABCZ - Associação Brasileira dos Criadores de Zebu e consultor PMGZ - Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos, Russél Rocha Paiva lamenta que o cenário de melhoramento genético no Brasil seja tão inexpressivo, pois acredita que exista uma possibilidade enorme de crescer.  "Depende muito da mentalidade dos produtores, mas isso tem mudado ano a ano. Ainda há muito espaço para ser aplicado melhoramento genético no país". Vale lembrar que o rebanho leiteiro é mais tecnificado que o de corte, por isso tem uma porcentagem um pouco maior de atividades referentes ao melhoramento genético. 

Existem fazendas altamente tecnificadas, que praticam melhoramento genético, mas ainda é minoria, mesmo a atividade de melhoramento sendo extremamente importante quando se quer um rebanho de corte produtivo. "Não adianta ter uma nutrição excelente, ou um manejo extraordinário dos seus animais, se eles não possuírem carga genética para demonstrar todo o potencial", afirma o zootecnista.  

Por acreditar nos benefícios e eficiência do melhoramento genético, o casal Guilherme e Fernanda Nascimento, proprietários do Rancho Boi Bravo, não poupa tempo nem dedicação ao promover um consistente e contínuo melhoramento genético da raça Nelore, com a geração de resultados econômicos para os pecuaristas usuários da genética da fazenda. 

Os benefícios de um animal melhorador na fazenda 

O produtor rural, pecuarista de gado de corte principalmente, tem que encarar a atividade como uma empresa, ela tem que dar uma receita, pagar as contas, gerar lucro. Para uma pecuária ser eficiente hoje em dia é preciso trabalhar com animais funcionais e produtivos, que desempenhem de maneira máxima, com qualidade e velocidade. 

Práticas de melhoramento genético irão imprimir desempenho e funcionalidade nos animais. Quando o produtor adquire um touro melhorador, ou quando aplica práticas de melhoramento genético em sua propriedade, ele estará selecionando os melhores animais, voltados para onde a propriedade tem o seu foco de atividade e descartará os piores do rebanho. 

"Quando se deseja animais de corte, você deve selecionar animais que desempenham ganho de peso, que sejam precoces. Para isso é necessário que as matrizes sejam boas, férteis, que tenham alta capacidade de reemprenhar, tenham capacidade de produzir leite para criar bem um bezerro", considera Russél que com toda sua experiência, assessora os trabalhos no Rancho Boi Bravo. 

O melhoramento genético agrega as características que o produtor deseja. "A partir de seleção, ou inclusão de um animal melhorador, você coloca genes em seus animais para essas características: desempenho, fertilidade e habilidade materna. Com isso, aumenta a frequência gênica na fazenda e o benefício para o criador é total", garante o zootecnista. 

Com a seleção, o criatório terá animais melhores, com funcionalidade, produtividade, ganho de peso, fertilidade, precocidade sexual, fêmeas que criam melhor seus bezerros. Com um animal melhorador, há um aumento real nos índices da fazenda, com aumento das características funcionais e de desempenho dos animais. "Esses são os maiores benefícios que a fazenda terá ao utilizar animais melhoradores ou adotar práticas de melhoramento genético", garante Russél.

Clique aqui e acesse gratuitamente nosso e-book. Nele você encontrará mais informações sobre o assunto.

2 Comentários

Julia Lamounier
Julia Lamounier

Muito bom o conteúdo!

Wagner
Wagner

Muito bom! Russel tem contribuido com conteúdos práticos que auxilian o produtor rural.

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado. Todos os campos com * são obrigatórios